Abuso de Preços

9 05 2009

Interessante fazer uma pesquisa de preços pela Web em sites que revendem DVD’s. Hoje ao visitar um dos maiores sites de revenda do país, me deparei com a figura abaixo:

imagem

Reparem: ‘Encarnação do Demônio’ – Lançamento em Janeiro de 2009, está com o mesmo valor em Rental até hoje, dia 08 de Maio.

Temos Vagas 2 está com preço ainda acima do preço repassado pela própria Sony, que foi de R$89,90, sendo que o filme foi entregue a quase 2 meses atrás.

Fiquem de olho. É bom dar uma boa pesquisada antes de sair comprando o primeiro produto pela frente.





Promoção ‘Um Hotel Bom pra Cachorro’

6 05 2009

Olhem o que a Paramount está programando para os empresários no mês das férias. Incrível não?

imagem





‘Austrália’ em ST já Chegou !

29 04 2009

Chegou ontem, ao menos na cidade de Betim/MG, os discos de ‘Austrália’ custando apenas R$39,90. Percorrendo as magazines de shopping’s centers conferimos o mesmo produto já disponível nas bancas pelo mesmo preço, além da Edição Especial em Lata que foi divulgado pela Fox, custando R$49,90.

       DVD Austrália               Lata Austrália

A previsão do lançamento em Sell Thru era de entrega para o fim deste mês, mas a Fox havia tomado um discurso de que a data de entrega do filme poderia sofrer um atraso na entrega e chegar apenas após o dia 06 de Maio nas locadoras do país, mas não aconteceu.

E agora, valeu a pena ter o filme desde o dia 08 de Abril!?

‘AUSTRÁLIA’ já está disponível também no site das Americanas





IMAGEM FILMES AUMENTA O PREÇO SELL THRU

28 04 2009

Incrível, mas é verdade, e não é só a Visocopy que terá preços acima de R$34,00 em filmes da Imagem na categoria Sell Thru, a própria Wmix, do grupo da Imagem/Swen e Flashstar está anunciando a venda dos filmes da distribuídora por exatos R$34,90.

Em Junho, a Imagem irá abaixar os preços de vários sucessos que chegaram ás locadoras em Janeiro, como ‘A Casa da Mãe Joana’, ‘Cruzada – Uma Jornada Através dos Tempos’, ‘A Solução Final’, ‘Os Desafinados’, ‘Sob Controle’ e ‘Fatal’.

O preço de R$29,90 sempre foi praticado pela Wmix, ao contrário de outras revendas que os vendiam por R$34,90. Isto pode nos remeter a uma situação pior, a de que outras revendas do Brasil também tenham seus preços alterados, e para mais, ficando a Wmix com o preço menor de R$34,90, podendo as outras empresas aumentarem os preços para R$39,90 em cada DVD.

Em contrapartida temos mídias em BluRay vendidas simultaneamente ao lançamento do DVD por preços de R$79,90 e R$89,90.

Não esqueçam de deixar seus comentários a respeito deste aumento.

Será por quê ele está sendo praticado somente agora, a crise é justificativa para tal elevação de preço? Vocês percebem que parece que a empresa quer aumentar o preço para que cheguemos a conclusão de que esperar 3 meses para adquirir um filme não vale mais a pena, pois o BluRay (que eles acham que irá ser a salvação de tudo, e espero que seja) custa apenas R$89,90 e o Sell Thru daqui a pouco beira os R$50,00, ou seja, o tempo que fica-se sem a mídia não é compensado pela economia de poucos reais.

Opinem!





Crítica ‘Presságio’

27 04 2009

Vamos lá falar de um dos grandes filmes polêmicos atuais. Porque assisti o filme? Por quê praticamente de 6 em 10 pessoas me disseram que o filme ea um desastre de ruim, então fui conferir, e como sempre, como sou meio maluquinho e acabo fugindo do comum, acabei adorando o novo longa de Nicolas Cage.

Assista ao Trailer LEGENDADO

Sinopse: Em 1959, como parte das celebrações de uma escola infantil, um grupo de alunos faz desenhos de como eles imaginam o futuro. Os desenhos ficarão guardados em uma cápsula do tempo e serão abertos em 50 anos. Porém, uma garota desenha diversos números aparentemente aleatórios, que ela alega estarem sendo soprados por pessoas que ela não vê.

Meio século depois, uma nova geração de alunos examina o conteúdo da cápsula e amensagem criptografada da garota acaba nas mãos de Caleb Koestler. Mas é o pai dele, o professor de astrofísica John Koestler (Nicolas Cage), que faz uma descoberta estarrecedora: a mensagem codificada prediz as datas e o número de mortos de todas as grandes tragédias dos últimos 50 anos com uma precisão incrível. Conforme investiga os segredos do documento, John descobre que ele prevê mais três catástrofes – sendo a última de proporções globais.

Os esforços de John para alertar as autoridades sobre as catástrofes iminentes são em vão e seus medos se tornam cada vez maiores ao perceber que Caleb está ligado ao mistério de alguma forma. Agora, contando com a ajuda de filha e da neta da autora da mensagem, John embarca em uma corrida eletrizante contra o tempo para prevenir a humanidade do maior dos desastres…

Um filme excelente, sem sombra de dúvida. Afinal o que é um filme bom? É relativo não é verdade? Mas em ‘Presságio’, distribuído pela Paris Filmes que lançará o disco à um preço absurdo em Rental, as cenas de ação são de impressionar, filmadas em plano-sequência (sem corte), é incrível. Mas não basta apenas efeitos especiais genuínos, a trama tem que ser equivalente, e é. Mas então porque tanto tumulto e boca cheia ao se criticar o filme ? Varia de acordo com sua crença.

Já contei que adoro filmes com E.T. ? Isso pode ter contribuído para que eu gostasse bastante do filme sim, além disso, o filme foge do comum (não disse que acredito em E.T. e sim que gosto de filmes com temática alienígena). Pensemos em todos os grandes sucessos de bilheterias que emplacaram temas sobre o fim do mundo. ‘Eu sou a Lenda’, ‘Impacto Profundo’, O dia Depois de Amanhã’ entre outros grandes sucessos. Todos estes tem ao menos uma coisa em comum, o desfecho. Todos terminam razoavelmente bem, ou seja, o plano inicial e tema de ‘o mundo vai acabar’ não acontece. Será que quem ‘Presságio’ é diferente? Assistam.

Será que as pessoas estão tão acostumadas a verem filmes de heróis salvando a todos e a si mesmo, ou então heróis que salvam o mundo e acabam morrendo, que ao presenciarem algo diferente, um desfecho alternativo, elas se decepcionam ? Talvez.

A trilha sonora do filme dá tensão por si só, e as cenas ajudam a emplacar um suspense bacana em torno dos fatos, onde seres estranhos aparecem de preto parados próximos à uma janela. As cenas de queda do avião e do desastre no Metrô talvez serão as únicas tão bem sucedidas em plano-sequência. Vale lembrar que o diretor do longa é Alex Proyas, o mesmo de ‘Eu Robô’, e vocês se lembram da incrível cena do carro de Will Smith no túnel? Bacana né.. Pois é, ‘Presságio’ superou minhas expectativas, e certamente o final tido da maneira como foi mostrado nos remete a pensarmos um pouco mais nas atitudes com que tomamos, e também à aspectos religiosos (Arca de Noé).

creepy aliens from the knowing movie

A cena dos últimos segundos é tão inspiradora e surreal, que talvez tenha sido essa a causa de decepção de muitos. Será que as pessoas não entenderam? Será que não relacionaram aspectos bíblicos como de Adão e Eva à história ? “Recomeçar” como foi dito no filme, hoje faz sentido de ser pensado.

‘Presságio’ se mostrou poderoso, quando poderia ter sido uma história e vão (Guerra dos Mundos). Neste último seres de não sei onde arrasam com a população na Terra e do dia para a noite, com algumas fortes explosões contra as grandes máquinas aliens, tudo termina bem, mas como assim ? Presságio mostra que o homem não é tão bom quanto parece, e que até mesmo a vida em outros planetas pode ser possível. Certamente será um sucesso de bilheteria e bem procurado nas lojas.

Tamanho originalTamanho originalTamanho originalTamanho originalTamanho original





Crítica ‘O Mistério das Duas Irmãs’

27 04 2009

Vou repetir muito essa frase hoje, mas aqui vai: Este é um filme com excelentes doses de Suspense. O que era para ser bobo e chato, ou muito sem sal, se tornou um marco e referência em tramas assustadoras com altas revelações. Me lembrou ‘O Sexto Sentido’, ‘A Casa de Vidro’, ‘Fora de Rumo’.

Assista ao trailer

‘The Uninvited’ recebeu o título por aqui de ‘O Mistério das Duas Irmãs’ e é refilmagem de ‘The Tale of two Sisters’lançado no Braisl em 2003 com o tíulo de ‘Medo’. Talvez este tenha conseguido impressionar os expectadores talvez melhor ou da mesma forma, não assisti ao japonês ‘Medo’, portanto não o criticarei. =)

O filme acompanha a história de duas irmãs que querem descobrir a verdade sobre o que realmente ocasionou a morte de sua mãe, que se deu em uma explosão de sua própria casa. Após a tragédia, a filha mais nova passa um tempo de um internato a fim de solucionar alguns problemas psicológicos causados pelo trauma, mas ao regressar para casa, se depara com uma madastra misteriosa que aos poucos se mostra perigosa. Aos poucos, acontecimentos pertubadores vão ocorrendo na casa da família, e tal como em ‘Evocando Espíritos’, os mortos parecem querer fazer contato com seus antepassados.

O filme tem algo poderoso. Ou seja, sermos enganados no cinema é sempre legal, quando achamos X mas na verdade é Y ou quando a trama se desenvolve de uma maneira que nos surpreendemos e admiramos o resultado. Fui enganado mais uma vez, e desde o início. O filme possui momentos de terror, com alguns sustos, mas assustar não é seu objetivo. O susto que levamos ocorre logo aos descobrirmos as reais causas dos acontecimentos, e é aí, sem precisar de efeitos especiais, sem se quer música alta para nos amedrontar, o filme consegue fechar com chave de ouro um misterioso caso de Morte.

Vale a pena, sem dúvidas! Lembrando que o filme tem os mesmos escritores de ‘O Chamado’ e ‘Paranóia’.

Tamanho originalTamanho originalTamanho originalTamanho originalTamanho original





Post/Fórum: Problemáticas Debatidas

27 04 2009

É sempre bom receber E-mail’s com sugestões e opiniões. Agora foi a vez de um leitor aqui mesmo de Minas Gerais sugerir algumas discussões para colocarmos em pauta. Vou lançar a proposta ao decorrer desta e da próxima semana em vários Posts com temas diferentes, falarei brevemente o que penso sobre cada assunto e por fim espero o comentário e a posição de todos vocês leitores.

Nosso colega Renato, de Alfenas/MG sugeriu alguns pontos interessantes a serem discutidos, inicio minha fala com as propostas sugeridas por ele:

  • Aumentar, por parte do Governo, os impostos sobre as mídias de DVD Virgem, de forma que o mesmo não sairia por menos de $10,00. Renato acredita que cerca de 90% das pessoas que adquirem este produto, o fazem para realizar cópias ilegais de filmes.
  • Fazer com que os filmes sejam lançados mundialmente na mesma data, a fim de impedir que a estréia antecipada em outros países ajude na liberação de arquivos piratas pela internet antes mesmo que o filme seja exibido nos cinemas de países como o Brasil.

Analisando as falas, me remeto a primeira da seguinte forma: Eu posso concordar de imediato com a fala do leitor ao que ele analisa que a venda de DVDs ajudam (e muito) na criação dos filmes pirateados vendidos pelos camelôs. As pessoas que desejam salvar arquivos de Back-Up utilizam HD’s externos e Super Pen Drives de alto armazenamento. Mas vale pensarmos e colcoarmos em pauta uma questão interessante acerca deste ponto. A mídia virgem no Brasil pode ser sim o fator crucial para a fabricação dos filmes falsificados, porém o porquê isto não ocorre em outros países como EUA, Canadá ? Por lá também há mídias por preços muitos baixos, e nem por isso o setor estrangeiro passa por este problema. Por lá, a ameaça é o avanço da tecnologia via Web, principalmente onde a Internet Banda Larga não é encabeçada por operadoras de Telefonia Fixa que abusam do poder aquisitivo das pessoas.

No Brasil, por ser um país pobre, o Downloas ainda não chegou para arrasar a vida de ninguém, mas atrapalha sim, e a forma mais barata encontrada pelos criminosos braisleiros são comprar mídias muito baratas e vender um produto finalizado, as vezes com boa qualidade, por um precinho de banana, que certamente conquistará muitos clientes. Interessante essa discussão.

*

Com relação ao lançamento Mundial nos Cinemas, isto apenas atrasaria a chegada dos arquivos com imagens e sons ruins aos sites de Download. A medida não adiantaria muita coisa para nós, vídeo locadores, mas talvez sim para os Cinemas, que mesmo com certa crise, continuam levando vantagem em comparação à nós do ramo de Entreterimento.

Agora amigos, a bola está com vocês…