Conto de Fadas

26 02 2009

Eu confesso! Não estou desesperado, graças a Deus. Muita coisa anda bem, minha criatividade sempre esteve em alta e sempre fui meio doido, mas ultimamente ando tendo problemas para dormir. O silêncio da noite me atormenta, e minha vontade é de romper este silêncio com um grito.

A faculdade de Educação tem me gerado alguns efeitos colaterais, bem pesados por sinal. Ando mais astuto, mais aldaz, veloz, aflito, imponente e chato. A parte de ser chato é a que mais me agrada, pra falar a verdade. Ser chato hoje é não sair mais com os amigos, é não querer pular carnaval (e talvez levar um tiro!), é não achar graça em beber um copo de bebida alcóolica ou fazer um showzinho de ciúmes. A Política, A Economia, O Comércio têm me deixado diferente. Mas creio que será bom. Tudo que é diferente, que não seja ilegal é claro, vem para somar; e acho que nossa sociedade, particularmente nosso ramo está precisando de pessoas para somar. Eu e você estamos cansados da turma de colarinho branco.

Saber a realidade dos fatos é grande sacada da Sociologia da Educação, da Filosofia e da História. É legal sabermos o porquê o tal Governo “para o povo” decidiu tirar dos alunos de Pedagogia, as habilitações para áreas referente à Supervisão, Orientação, Direção, Coordenação entre outras. É muito, muito interessante. E mais interessante, é termos dois grupos diante desta situação:

GRUPO A : Não estou nem aí !
GRUPO B : Vamos discutir esta proposta e reavaliar os impactos desta decisão para a Educaçao do País!

O exemplo é verídico, mas onde quero chegar é: Qual a vantagem em ter poder, se não podemos usá-lo? Bem, aí entramos em outra história de conto de fadas. “…Era uma vez um país com um dos mais altos índices de Pirataria do Mundo. Neste país existia o mercado de Vídeo. Neste mercado havia as Empresas Capitalistas e os Subordinados (com cara de tacho). A diferença entre estas duas classes é que as Empresas Capitalistas estão unidas para obter lucro, já a classe dos Subordinados está totalmente à mercê da primeira e torce pelo desastre do concorrente.

Certo dia, a Internet que se tornou ferramenta essencial em pleno século XXI, aliado aos grandes avanços tecnológicos em equipamentos para atender as necessidades e vontades da população, juntamente com a fogoza vontade de ganhar dinheiro das Distribuídoras do tal mercado de Vídeo, fizeram extinguir as Vídeo Locadoras “físicas”, já pobres, do país.   The End!”

É legal (1), do ponto de vista crítico, é óbvio, encontrar em apenas 35 minutos, 387 (trezentos e oitenta e  sete) – procurados de maneira mais veloz que Homem de Ferro (piadinha) – sites na Internet que hospedam Filmes Online. Sites bem equipados, com recursos avançados de postagem e Busca, Layout arrojado e Moderno, Equipe de Suporte, FAQ, Central de Ajuda e até Brindes para Usuários. Ah! e nestes sites se hospedam filmes, aqueles vídeos longos com cerca de 90 minutos, com pessoas famosas. Os vídeos podem ser Dublados, Legendados, à maneira do freguês.

Aliado à isto, nós temos praticamente um mercado genuíno, que deve fazer alguns lucrarem bastante, de produtos Piratas. São bancas, São vendedores que atendem à nossa porta. Quem dera minha locadora oferecer os filmes para locação de porta em porta. Voltando… além da Pirataria através dos Camelôs, temos também as Distribuídoras que cobram R$109,90  e até R$119,90 em cada CD. O legal (2) é ver alguns pularem de alegria em ganhar 10% de Desconto em cada mídia.

Junte tudo isso, misture com doses de crise na Economia Mundial, Um pouco de falta de Marketing a favor das vídeo locadoras, e à alguns vôvôs do mercado aconselhando a todos de fecharem as portas e irem gritar na praça.

Bem, estamos em 2009, ano em que a era digital está mais próxima, e em 2010 estará ainda mais e assim por diante.  Estamos no ano em que o salário mínimo aumentou cinquenta reais, e cinquenta reais não se compra um filme nem ao menos da “Alpha”, com todo respeito.

Mas calma. Vamos voltar a parte dos dois grupos, se lembra? Desta vez temos:

GRUPO A : Não estou nem aí ! É cada um por si e nada é tão ruim assim, pois no fim do mês sempre sobra um pouco para jantar no restaurante em Promoção.

GRUPO B : Vamos continuar comprando, mesmo contrariados, pois sem filmes novos não temos cliente.

Se analisarmos as duas situações, vemos uma possível saída na primeira, relacionada ao curso de Pedagogia. E na segunda? Cadê a saída ?


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: