APCM retira “Legendas.TV” do ar

4 02 2009

Baixar filmes é muito fácil, tal como baixar músicas. Mas no caso dos filmes, há toda uma “super” produção por parte dos brasileiros que faz todo o esquema de baixar filmes vigorar pela rede mundial de computadores. São centenas de milhares de pessoas envolvidos em baixar arquivos de vídeo, traduzir filmes, elaborar legendas, sincronizá-las, revisá-las, fazer o Upload do arquivo em sites de Hospedagem e disponibilizar os Links para Download, chegando até o usuário final.

Este processo é demorado e envolve inúmeras pessoas. No Brasil, temos diversos fóruns e sites na rede de pessoas membros de equipes que se encarregam de fazer traduções, legendas e disponilizarem tais arquivos para download. De fato, não sei afirmar quanto a causa criminal disto (me refiro às legendas), mas fica claro que, baixar um filme com o áudio em Inglês e não ter a Legenda em Português, é uma maneira de diminuir, e não  parar, o número de downloads de filmes.

Entre os mais conceituados, arrojados, organizados e sérios (sim! são realmente sérios e trabalham com qualidade, disso não podemos negar!), o grupo “Legendas.TV” foi barrado pela APCM, que representa as seguintes empresas: UNIVERSAL MUSIC DO BRASIL LTDA; WARNER MUSIC DO BRASIL LTDA; SONY-BMG LTDA; SIGLA – SISTEMA GLOBO DE GRAVAÇÕES AUDIO VISUAIS LTDA; EMI MUSIC LTDA; COLUMBIA PICTURES INDUSTRIES INC; DISNEY ENTERPRISES INC; METRO GOLDWYN-MAYER STUDIOS INC.; PARAMOUNT PICTURES CORPORATION; TWENTIETH CENTURY FOX FILM CORPORATION; UNIVERSAL CITY STUDIOS INC.; WARNER BROS.; UNITED ARTISTS PICTURES INC.; UNITED ARTISTS CORPORATION; UBV – UNIÃO BRASILEIRA DE VÍDEO E ASSOCIADAS, e representando a IFPI – Federação Internacional da Indústria Fonográfica e MPA – Motion Picture Association.

O site da equipe, onde disponibilizava milhares de legendas traduzidas de filmes e séries de TV foi retirado do ar sob a acusação de que os ítens oferecidos para download, no caso as legendas, “..prejudicam os interesses  dos detentores de direitos autorais..”. A maioria das legendas que eram oferecidas no site, são de filmes que ainda não tiveram estréia no circuito nacional de Cinema Brasileiro ou em Home Vídeo (DVD).

Acessando o site do LEGENDAS.TV, podemos ver mensagens de que o site voltará em outro endereço, e que todos os arquivos NÃO foram perdidos, só não estão disponíveis ao usuário para Download, pois a equipe teria feito Backu-Ups periodicamente, mantendo todo seu acervo preservado. A equipe promete voltar a oferecer seus serviços à milhares de brasileiros que baixam filmes pela internet, e fornece em uma página criada para explicar o fato ocorrido, alguns links de outras equipes capazes de fornecer as mesmas legendas, ou, as legendas dos mesmos filmes com características diferenciadas.

Humildemente digo que o trabalho da APCM é válido, porém infundado. Como a própria equipe do Legendas.TV informou em nota, não há nenhum artigo na Legislação Brasileira que diga claramente que as legendas são uma forma de pirataria. Por outro lado, no próprio E-mail enviado pela APCM à equipe, a Associação deixa bem claro que os arquivos em texto PREJUDICAM as empresas que possuem os direitos autorais. E em nenhum momento, a APCM diz que tal fato é considerado pirata, mesmo que no meu entendimento, seja esta mesma a classificação para tal ato.

A falta de fundamento da APCM está em justamente se focar em um site de Legendas. Um site amador, porém organizado e de qualidade. A APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música), se focasse seus subordinados à recolher DVD’s piratas nas bancas e camelódromos do Brasil, seria de mais utilidade.

Ao meu ver, a ação foi justa, só não entendo como o foco foi direcionado á um simples site de legendas e não à servidores e fóruns particulares de compartilhamento de arquivos. Ou até a fiscalização de locadoras que alugam DVD’s falsificados. Esta ação isolada, não trará resultados! A equipe do “Legendas.TV” e outras mais conhecidas como “Insubs” fazem diulgação em suas legendas, logo no início dos filmes com dizeres do tipo: ” Esta Legenda é apenas de uso Doméstico. Diga Não à Pirataria”. É contraditório.

Ao meu ver, a situação ainda sim é favorável á nós, empresários do setor. Mas ações como esta, atreladas à um contigente operacional nas ruas capazes de recolher e impedir a comercialização de Discos  de Filmes Piratas seria o bom estágio do Brasil rumo ao combate, ou melhor dizendo, diminuição da Pirataria.



Ações

Information

3 responses

4 02 2009
Eliana Vieira

Que bom que algo está sendo feito. A facilidade de baixar filmes é impressionante, mas poucos amigos meus fazem uso. Por outro lado, a pirataria por aqui (moro no Rio ) corre frouxa. Fui ao centro da cidade e contei o absurdo. A cada 5 passos meus, tinha um ambulante vendendo ” Se eu fosse vc 2″, ” Crepúsculo” , “O curioso caso de Benjamin Button” … Desanimador… Ainda por cima, 3 por 10,00. Dá pra entrar nessa briga? Difícil…

4 02 2009
edson sc

é, a iniciativa é boa, mas, paliativa,traria maior efeito se ataca-se a fonte disso tudo, que é quem faz o download e responsabilizar as operadoras, provedores por isso. É o q está acontecendo hoje nos Estados Unidos e Europa. Li uma reportagem semana passada, e achei muito interessante segue:http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=4&id_news=365764, pelo menos algo está sendo feito lá e esperamos q seja feita aqui tbém, pois essas campanhas”trailers” feitas pela UBV q tem nos DVDs, sem comentários, o foco deveria ser em conscientizar as pessoas q adquirindo um produto pirata, ela está adquirindo uma mercadoria roubada, ninguém gosta de ver seu esforço roubado e q fazendo isso, ela tbém está prejudicando algo que ela gosta, p q as pessoas”maioria” não vem o cidadão q vende um filme , cd pirata como um criminoso, essa idéia não pegou, então tem q mudar de foco, atitude, estratégia…..

abraço a todos

4 02 2009
Junio Rocha

Ótima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: